CAPA CD 3000PX 72px-01.png

Foto: Rodolfo Ataíde / Projeto Gráfico: Antonio Benvindo

Marcos Brey – músico mineiro lança o álbum “Luzir”

Trabalho apresenta a faceta roqueira do músico e traz a periferia como inspiração

Por Roger Deff

 

Artista residente em Ribeirão das Neves, Marcos Brey apresenta “Luzir”, novo disco que marca sua caminhada de mais de 20 anos de atuação na música. Com oito faixas o disco traz diferentes variações sonoras do rock, principal influência musical de Brey, com narrativas inspiradas em suas relações, afetos e vivências. As músicas demonstram a versatilidade de Brey como compositor bem como sua sensibilidade como letrista, com narrativas nas quais retrata suas descobertas, trajetória e amadurecimento pessoal e artístico. O nome do disco “Luzir” vem de iluminar, de dar luz tanta à sua caminhada como artista negro e também de valorizar seu território de origem, região que é uma grande periferia reconhecida principalmente pelos aspectos ligados à precariedade estrutural e por abrigar um grande número de penitenciárias.  Brey enfatiza a potência artística da região, com toda a diversidade que carrega, o que raramente é lembrado. “Neves brilha muito, em todas as áreas, e a artística é efervescente. Por isso, dar um nome que alude a luz a este trabalho artístico, é também muito simbólico”, reforça.   Além das referências musicais, Luzir trata também da arte produzida por pessoas pretas e faz referências à cultura pop ao homenagear o herói Pantera Negra, vivido pelo norte-americano Chadwick Boseman, ator falecido em 2020.

“Isso tudo desdobra-se em outra questão, a da cor de pele preta. É bem difícil brilhar sendo periférico, de origem humilde e preto, então o "Luzir" é sobre isso também, e meu figurino para as fotos do disco será inspirado no herói negro Pantera Negra, porque sinto que é preciso dizer disso neste e em todo trabalho que eu fizer, visto o contexto de ódio que temos vivido direcionado às pessoas pretas, e como cidadão e artista é urgente me expressar nesse sentido”, conclui. 

O primeiro single “Paladino” foi lançado nas plataformas em fevereiro https://spoti.fi/2Om64WY. O álbum Luzir será lançado em 26 de junho, com direito a live, às 20h no You Tube : https://www.youtube.com/breywa 

Luzir conta com arranjos de Marcos Brey, Zaga Batera, Philipe Marim e Hudson Abreu. Produção musical e executiva do próprio Marcos Brey. Direção Musical e Artística: Marcos Brey

Esta é uma ação aprovada via Edital da Lei Aldir Blanc do Ministério do Turismo e do Governo de Estado de Minas de Gerais

 

Ficha técnica do Disco Luzir 

 

Marcos Brey: Guitarra, Violões nylon e aço, Escaleta, Sintetizador e Voz.

Zaga Batera: Bateria e Voz de Apoio

Philipe Marim: Baixo e Voz de Apoio

Hudson Abreu: Teclado e Sintetizador

Denise Diniz: Voz de Apoio em “Paladino” e “Flor”

Daniele Diniz: Voz de Apoio em “Paladino” e “Flor”

Hernando Preto: Conga Rum em “Flor”

Yuri Moreira: Conga Lê em “Flor”

Lucas Otávio: Conga Rumpi  em “Flor”

Karine Costa: Voz em “Ônibus” 

Renan Fernandes: Violino em “Ônibus”

Rodolfo Ataíde: Fotografia

Grazielle Damaceno: Figurino

Mary Souza: Maquiagem

Antonio Carlos Benvindo: Projeto Gráfico

 

Arranjos de Marcos Brey, Zaga Batera, Philipe Marim e Hudson Abreu.   

Produção Musical e Direção Artística: Marcos Brey  

Gravação e Masterização: Silas Lopes

Mixagem: Silas Lopes e Marcos Brey 

Gravado no estúdio Casa Radar - Belo Horizonte-MG, Brasil, entre fevereiro e junho de 2021. 

 

Faixas:

1.A História de Juan González

2.Paladino 

3.Flor 

4.Menina Gauche

5.Ônibus

6.Esperança

7.Luzir

8.Eclipse